07Dezembro2019

                                                                                                                                                                                                                              ÁREA RESTRITA | DIRETORIA

Você está aqui: Principal

Artigos

cabec boletim WEB

Em gestação, o primeiro
NÚCLEO REGIONAL DA SBPH

foto poa 3Em uma proposta inovadora e a fim de aproximar a SBPH do seu público alvo, a Presidente Paula Macedo realizou um encontro com as Psicólogas Hospitalares de Porto Alegre e municípios próximos. A atividade teve como objetivo escutar quais as solicitações das profissionais em seu campo de trabalho e como a SBPH poderia ser mais atuante servindo como uma sociedade atual e próxima da prática hospitalar das profissionais. Participaram do encontro 20 psicólogas vinculadas aos Serviços de Psicologia de diferentes instituições, a saber, Instituto de Cardiologia do RS, Hospital Ernesto Dornelles, Fundação Hospital Sapucaia do Sul, Hospital São Lucas- PUCRS, Hospital Universitário Canoas, Hospital Mãe de Deus, Instituto do Câncer, Irmandade Santa Casa- Hospital Santa Clara.

As Psicólogas abordaram a necessidade de acesso à legislação de regula a atividade dos psicólogos em hospitais. Sugerem que a SBPH disponha essa documentação em seu site para o auxílio dos Serviços de Psicologia junto às instituições em que estão inseridas. Dados como o número de psicólogos hospitalares por leito; número de psicólogos por especialidade; piso salarial; jornada de trabalho foram alguns itens solicitados para auxiliar tanto na estabilidade do trabalhador, quanto na contratação de novos profissionais. A Presidente Paula salientou sobre a importância dos hospitais contratarem psicólogos com especialização em psicologia hospitalar reconhecida pelo CFP. Tal respeito ao profissional com a titulação específica, não apenas qualifica o mercado de trabalho, mas especialmente torna a assistência prestada mais eficiente.

Também é tema de discussão a produção científica, a qual é necessária para sedimentar a especialidade como ciência. O ensino em saúde, igualmente é comentado, visto a sua precariedade na graduação. O grupo discute o quanto a especialidade em Psicologia Hospitalar vem crescendo e a expectativa que a mesma ocupe espaço na formação acadêmica. Entre as metas da atual diretoria há a possibilidade da oferta de cursos de atualização em psicologia hospitalar, através de cursos itinerantes da SBPH.

O encontro “Falando com a Presidente” abre uma nova frente de comunicação entre a diretoria da SBPH, psicólogos hospitalares e sócios favorecendo a proximidade desses com a Sociedade. Essa iniciativa concede a constante atualização da SBPH a qual busca ser representativa e participativa nas necessidades da especialidade. 

Workshop
"Falando com a Presidente"

poa 2

Em novembro de 2015 a diretoria administrativa da SBPH esteve em Porto Alegre e realizou atividades diretamente vinculadas ao Núcleo de Psicologia Hospitalar do RS. Na parte da manhã ocorreu um Workshop “Falando com a Presidênte sobre as diferentes possibilidades em Psicologia Hospitalar”, no qual a Presidente da SBPH Paula Macedo e a Vice-Presidente Maria Alice Lustosa apresentaram suas contribuições. O público composto por profissionais e estudantes de psicologia puderam fazer trocas com as palestrantes tornando o evento enriquecedor. Paula, também apresentou aos presentes às propostas da atual diretoria e a Tesoureira Angela Speroni salientou as vantagens de ser sócio.

Na parte da tarde a diretoria realizou uma reunião com todas as Psicólogas que integram o Núcleo de Psicologia Hospitalar do Rio Grande do Sul, sendo este composto por 9 profissionais todas atuantes na área da saúde. Desde 2010 é coordenado pela psicóloga Marisa Sanchez, também Diretora Secretária da SBPH, e tem como membros honorários as colegas Patrícia Ruschel e Tânia Rudnicki, ambas Ex-Presidentes da SBPH e atuais Membros do Conselho Consultivo. A pauta da reunião tratou da apresentação formal do grupo às diretoras e sobre a legalização do mesmo, como um Núcleo Regional da SBPH, conforme pauta o primeiro parágrafo do artigo 2º do estatuto da sociedade “... mediante deliberação da diretoria... podem se organizar em tantas unidades que se fizerem necessárias, criando, inclusive, filiais”. A aprovação de uma filial no Rio Grande do Sul ocorreu na Assembleia Geral do X Congresso Brasileiro da SBPH. O grupo gaúcho está constituído desde a década de 90, quando Patrícia Ruschel criou o primeiro Comitê de Psicologia Hospitalar do estado. Desde então, psicólogas de diferentes instituições de saúde tem se reunido para realizar estudos, pesquisas e coordenar as jornadas regionais de psicologia hospitalar. A nomenclatura inicialmente adotada, a saber, Núcleo de Psicologia da Saúde e Hospitalar do Rio Grande do Sul, foi modificada para Núcleo de Psicologia Hospitalar do Rio Grande do Sul, para ficar de acordo com o que a Sociedade se propõe a representar. Seus objetivos também foram ampliados com o propósito de ofertar cursos de extensão e aprimoramento. Até o presente momento foram realizadas 9 Jornadas Gaúchas bi-anuais, as quais tem como meta servir de atividade pré-congresso na comarca. Mediante a apresentação realizada sobre a história, estrutura e objetivos, a Presidente Paula salientou se tratar de uma equipe organizada e motivada, a qual vai ao encontro das novas metas da SBPH, tais como, expandir sua abrangência e efetividade. Ao considerar que a iniciativa da criação de regionais pode favorecer a esse processo, delibera que o atual grupo sirva de modelo experimental para os demais.

A partir da reunião ficou acordada a necessidade de redigir um regulamento para o Núcleo, com o apoio de uma assessoria jurídica. O documento deverá conter a forma como o agrupamento irá se comprometer com a SBPH em suas ações e subordinação. Do mesmo modo, quais as responsabilidades da SBPH, para que o Núcleo possa se desenvolver e representar a Sociedade no Rio Grande do Sul, especialmente na área científica. A corporação gaúcha servirá como um piloto para a instalação de futuros núcleos em outras localidades do País, assim como o regulamento a ser construído será adotado como norma para todos aqueles que forem se constituindo.

Ampliar a SBPH através da criação de núcleos significa operacionalizar as demandas específicas de cada região. Representa a possibilidade de assistir colegas que atuam na área proporcionando condições para que possam diversificar e ampliar o conhecimento, através da atualização e aprimoramento científico, das trocas de experiências, da criação de instrumentos para identificar características dos usuários, da atenção à saúde local e, além disso, facilitar as intervenções voltadas para a prevenção, promoção e tratamento em saúde hospitalar.

 

Marisa Sanchez

Marisa Sanchez
Coordenadora do Núcleo RS
Diretora 1ª Secretária da SBPH (Gestão 2015-2017)
Psicóloga | CRP 07/03675